Adoçantes naturais: estévia, xilitol, taumatina

nutri-esportes

Os adoçantes artificiais (sacarina, ciclamato de sódio, aspartame, sucralose) estão sendo muito discutidos atualmente devido aos sérios problemas de saúde que seu uso podem causar. Eles possuem aditivos, conservantes e sódio em grande quantidade e por isso são tóxicos para nosso organismo. Existe a opção de adoçantes naturais para diabético ou quem quer perder peso ou mesmo diminuir o consumo de açúcar. Veja 3 deles:

 

Estévia

Adoçante natural originária de plantas da América do Sul, alto poder adoçante mas possui gosto mais amargo do que os outros adoçantes (gosto residual), mas é mais fácil de ser encontrado e valor mais acessível. Possui zero caloria, zero índice glicêmico.

Cuidado pois pode causar reação alérgica.

 

Xilitol

Adoçante natural encontrado nas fibras de muitos vegetais, entre eles, milho, framboesa, ameixa, entre outros, inclusive de algumas espécies de cogumelos.

O Xilitol é tão doce quanto a sacarose (açúcar), no entanto, é aproximadamente 40% menos calórico, além disso, não aumenta os níveis de açúcar no sangue.

Possui um sabor mais doce e agradável do que o estévia, encontrado em lojas de produtos naturais, e preço mais alto.

 

Taumatina

A taumatina é um adoçante natural extraído de uma planta originaria da África, mais consumida na Europa e que está sendo difundida atualmente para os outros  países.

Ela  exerce a função de proteína no nosso organismo e adoça muito mais do que qualquer açúcar.

Pode ser consumida sem restrições por diabeticos, gestantes e crianças.

É mais comum encontrá-la nos ingredientes de produtos do que ele sozinho. No Brasil ainda é raro encontrar a venda isoladamente.

 

Importante: Não há efeitos colaterais comprovados associados ao consumo dos adoçantes naturais, mas, assim como os adoçantes artificiais, o potencial maléfico está no fato de que os edulcorantes enganam o organismo, que pensa que está comendo algo doce. Isso o faz liberar insulina, que leva ao acúmulo de gordura corporal e aumenta o risco de obesidade. Por isso, recomendo consumir esporadicamente.

Tente se adaptar ao sabor natural dos alimentos e terá mais saúde!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *