Curso: Personal Referência

nutri-esportes

SEJA REFERÊNCIA NO MERCADO!
A INTELLECTUS montou uma palestra para você Personal que pretende ser O PERSONAL!
Palestrantes: Prof. Edson Andreoli, Prof. Arnaldo Seixas e Nutricionista Diana Soares.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:
– como ser um Personal diferenciado e conseguir mais alunos;
– postura, fidelização e atendimento de acordo com o que seu aluno espera de um bom Personal Trainer;
– firmeza e segurança para mostrar o VALOR do seu serviço e não o PREÇO;
– adquirir mais conhecimento nutricional para conversar com seu aluno;
– Alimento X Suplemento
– pré e pós treino na musculação;
– aparecer nas mídias sociais de forma positiva;
saber se vender pela internet com segurança e qualidade.

Quer ser diferente? Então faça diferente!

LOCAL: Colégio Santa Catarina de Sena (5 minutos da estação de Metro Brigadeiro).
Rua Manuel da Nóbrega 307 – Paraíso – São Paulo

INFORMAÇÕES, DESCONTO E INSCRIÇÃO
www.intellectuscursos.com.br

Quais gorduras são boas?

nutri-esportes

O Lipídio, mais conhecido como gordura e é o mais calórico macronutriente em comparação aos demais carboidratos e proteínas, 1g de lipídio apresenta 9kcal, enquanto as proteínas e carboidratos apresentam 4kcal em 1g. Devido a este fato, devemos ficar atentos às quantidades e ao tipo (saturada, trans e insaturada). De qualquer forma, os lipídios devem ser consumidos, pois desempenham funções importantes como formação de hormônios e absorção de vitaminas lipossolúveis (A, D, E, K).

As gorduras ruins são as consideradas prejudiciais e podem acarretar problemas cardíacos, dislipidemia, diabetes e tantos outros problemas de saúde, como as gorduras saturadas presentes nas gorduras animais (carnes, queijos e leites)que podem ser consumidas mas com moderação,e a pior de todas que deve ser totalmente evitada é a gordura trans presente em alimentos industrializados como bolachas recheadas, sorvetes, chocolates e etc.

As gorduras boas, as insaturadas são as que favorecem a formação do HDL, que é o colesterol bom e que diminui o colesterol ruim, o LDL, são as mais conhecidas com ômega- 3, 6 e 9, estão presentes nos peixes, castanhas, azeite, abacate, coco.

OU seja, gorduras não são vilãs, podem e devem ser consumidas mas com moderação.

POSSO CONSUMIR PROTEÍNA A VONTADE?

nutriesportes

Devido a crescente onda de dietas da moda ao qual são riquíssimas em proteínas e quase nada de carboidratos, muitos tem a impressão de que a proteína é o melhor grupo alimentar para se consumir. Mas cuidado, a maioria das proteínas possuem também gorduras, como é o caso das proteínas animais (carnes, queijos, leites), que consumidas em excesso podem engordar ou até mesmo causar problemas do coração, entupimento de artérias, este excesso também pode prejudicar o funcionamento do fígado e rins.
Proteína é realmente importante para nosso corpo, ajuda na formação de massa muscular, tecidos, ossos, sangue, enzimas e tantos outros .
Conheça algumas fontes de proteínas: leite e derivados como iogurtes e queijos, carnes de vaca, frango, peixe, porco, leguminosas como feijão, grão de bico, lentilha, soja.
Na nossa alimentação geralmente ultrapassamos a quantidade de proteína recomendada pela Organização Mundial da Saúde, que deve ser em torno de 15 a 20% do valor energético total do dia.
O ideal é consultar um nutricionista que fará o cálculo de sua necessidade proteica conforme sua composição corporal e objetivos.

COMO MANTER A DIETA NO FIM DE SEMANA

nutri-esportes

Não só quando se está em um programa de emagrecimento, mas sempre temos que tomar cuidado com os fins de semana, eles são os verdadeiros vilões para quem luta em manter o peso.

Todo o sacrifício e dedicação que você teve  de segunda a sexta deve ser mantido sábado e domingo, pois se já iniciar a sexta-feira com algumas jacadas e ir até o domingo é quase metade da semana abusando e prejudicando seus resultados.

Se  esforce  para manter o plano alimentar aos finais de semana também, claro que a rotina,  horários e restaurantes mudam, no entanto é possível adaptar ao máximo onde estiver.

Veja:

  • Restaurante italiano: peça uma salada além de ser importante ter alguma proteína com a massa.
  • Pizzaria: cuidado com as quantidades de fatias e evite recheios mais calóricos como calabresa, portuguesa, 4 queijos, entre outros.
  • Lanchonete: estude todo o cardápio e veja se tem opções de pães integrais, queijo menos amarelos, opções que tenham salada como alface e tomate e evite as batatas fritas e bacons.

DICA QUE FAZ A DIFERENÇA:  Nunca vá para uma festa ou um evento de barriga vazia, coma algo em casa para não chegar no local e abusar dos aperitivos calóricos e ficar com a consciência pesada depois.

CUIDADO COM A BEBIDA ALCOÓLICA: Elas são muito calóricas, além de prejudicar o fígado e diminuir o metabolismo. Intercale com água a fim de hidratar, e não fique segurando, procure sempre apoiar a bebida a fim de diminuir o consumo.

Problemas com gases?

nutri-esportes

Após a digestão dos alimentos é normal a formação de gases que são eliminados  pelo nosso intestino, alguns  liberam mais que outros como por exemplo as leguminosas (feijão, grão de bico, ervilha, lentilha), ou ovos, repolho, acelga, entre outros.

A partir do momento que a formação destes gases atrapalhar no dia a dia, com muitos incômodos e constrangimentos é preciso analisar os tipos de alimentos ingeridos a fim de evitá-los, assim como harmonizar a flora intestinal, pois é sinal de desregulação desta microbiota.

Para o equilíbrio da flora intestinal é importante o consumo de líquidos e principalmente a recolonização com as bactérias boas chamadas probióticos os mais conhecidos são os Lactobacillus que vivem no nosso organismo e desempenham papel fundamental para digestão final, formando o bolo fecal, por isso pode ser necessário a suplementação, que são encontrados facilmente em farmácias, importante procurar um nutricionista para a melhor  indicação de tipos e dosagens.

O consumo de fibras presentes nas verduras, legumes e frutas, além da aveia, sementes de chia e linhaça também são de extrema importância para esta harmonização do intestino.